terça-feira, 27 de março de 2012

Contos - Alvaro do Carvalhal


Primeira edição deste invulgar livro editado postumamente pelo irmão do autor em 1862, precedido de um estudo biográfico por J. Simões Dias.

Obra percursora de uma escrita modernista é ainda um livro iniciador de narrativas negras, inesperadas e surpreendentes (o conto Canibais foi levado à tela por Manuel de Oliveira). Livro valorizado por uma dedicatória autógrafa de Alexandre do Carvalhal (irmão de Alvaro) a Joaquim de Araújo.

Sóbria encadernação em pele vermelho sangue com capas de brochura não originais.

Vendido